Tripofobia

O post de hoje não será tão desastroso tripofobiaassim, porém, se você tiver essa fobia o post será um dos mais agoniantes que eu possa postar. Por isso, se não sentir nada ao ler o nome “Tripofobia”, vá para outro post (a não ser que ache interessante, assim como eu, de como o medo pode vim de diferentes formas pra cima de nós).

Eu acredito que todo mundo saiba o que é fobia, mas jamais imagina o que se sente quando é atacado por tal problema… Por exemplo: Se você não tiver a tal da tri’pofobia, você não sentirá absolutamente nada com esse post (assim como eu), irá me chamar de doente mental e dizer que o blog já foi melhor, falará que isso é besteira e a pessoa tem que virar macho e blablablá, essas coisas irracionais que as pessoas não entendem. Por isso, antes de começar realmente a falar sobre o tal problema eu pesquisei um pouco a diferença entre medo e fobia. Pelo o que eu entendi, biologicamente falando, a diferença é:Medo nada mais é do que uma resposta do organismo à alguma coisa que você acha (ou tem certeza) que te fará algum mal. Com isso seu corpo aumenta a adrenalina, a atenção ao perigo e a capacidade de luta e fuga. Isso te salvará de muitas coisas, isso faz bem ao corpo e, segundo especialistas, o medo não deve ser tratado diferentemente do outro caso. Já a fobia segue na mesma linha do medo só que de maneira descontrolada. Ela não te ajudará na situação, é desproporcional e é algo muito mais forte do que a pessoa possa controlar. Segundo estudos o paciente tem picos de ansiedade e mesmo sabendo que aquele objeto/animal/coisa/treco não fará nenhum mal a ele não consegue reagir de modo diferente.

Após essa informação, que eu acho de extrema importância, eu tentarei explicar a vocês o que significa de fato a tal tripofobia. Bem, primeiramente, em alguns sites, eu encontrei a seguinte informação: “Tripofobia é medo de buracos pequenos e em conjuntos“… Bom, eu não me agradei muito com essa resposta. Sei lá, pra mim pareceu que faltou algo. Por isso resolvi pesquisar mais um pouco e fiquei maravilhada com a explicação de um blog. O autor do texto afirma ter tal problema e a descreve da seguinte maneira:

Trata-se de uma fobia relativa de formas geométricas em conjunto. A pessoa que possui esse mal ao visualizar uma sequência estável de formas geométricas automaticamente sente uma imensa sensação de repúdio e pavor, podendo incluir náusea e raramente até desmaios [...] O efeito aumenta quando as formas encontram-se em ambientes biológico, podendo ser humano ou não

Se você não tem essa doença só tente imaginar que merda é viver com uma coisa assim, afinal, formas geométricas em conjunto não é algo tão incomum de se ver. Por isso, peço desculpas antecipadamente se você sentir algum desespero com as imagens a seguir: 



Compartilhe com todos os seus amigos!